Indaiá investe R$ 30 milhões na ampliação de indústria em Santa Rita


A fábrica da Indaiá em Santa Rita vai ampliar a sua produção de água mineral em 12% este ano, com o início da operação de um equipamento que dará mais agilidade e qualidade e reduzirá o impacto ambiental das embalagens. A empresa está investindo R$ 30 milhões na ampliação da planta de Santa Rita, que será a maior produtora de água mineral do Brasil. O anúncio foi feito pelo superintendente da Indaiá Brasil, Humberto Veras, durante audiência com o governador Ricardo Coutinho, no final da tarde desta sexta-feira (10), no Palácio da Redenção. A audiência também contou com as presenças do gerente industrial da Indaiá Brasil, Francisco Sales, e do gerente da Indaiá Paraíba, Pedro Paulo.





Humberto Veras informou que, a partir de julho deste ano, a produção da indústria de Santa Rita sairá das atuais 21 milhões para 25 milhões de embalagens por mês. “A Indaiá é líder do mercado na região Nordeste. Estamos investindo na Paraíba para produção de água mineral e refrigerantes e vamos incluir novas linhas de produtos, colocando sucos e energéticos no mercado”, destacou o empresário.

Ele elencou fatores como a qualidade da fonte de água mineral de Santa Rita, a localização estratégica para a distribuição no Norte e Nordeste, os custos da logística e, principalmente, a boa recepção do governador e dos secretários ao projeto de ampliação na Paraíba. Veras informou ainda que, atualmente, a fábrica de Santa Rita gera 550 empregos diretos – com a ampliação, criará mais 50 postos trabalhos, além de centenas de empregos indiretos que incluem carga e descarga, transportes e vendedores. “É perceptível que a classe industrial do país vê a Paraíba com outros olhos, pela responsabilidade nas políticas públicas e no trato da coisa pública”, avaliou.

Ricardo Coutinho agradeceu a confiança da Indaiá em ampliar sua indústria e disse que o Estado está de braços abertos para receber esse e outros investimentos que gerem emprego e renda para os paraibanos. “O grupo pode contar conosco. Temos pressa em recuperar as brechas históricas para transformar o perfil econômico da Paraíba. Atraindo investimentos privados, estaremos dando novas oportunidades ao povo da Paraíba”, frisou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Renato Feliciano, destacou que, a partir do momento em que o Estado atinge o equilíbrio fiscal e retoma obras e investimentos públicos, cria um ambiente favorável para que o empresariado brasileiro invista no Estado. “Os investimentos da Indaiá é um exemplo disso”, concluiu.

http://www.paraiba.pb.gov.br/38496/i...erno+do+estado

Imprimir artigoGuardar como PDF

Nenhum comentário:

>