Guardem as bandeiras: Prefeitura de Guarabira não apoia a Desportiva a participar do campeonato paraìbano

Guardem as bandeiras, dobrem as camisas. Não será esse ano que a Desportiva Guarabira buscará o acesso à elite do futebol paraibano, o clube desistiu de última hora de disputar a 2ª Divisão do Campeonato Paraibano de 2014. A reunião do Conselho Arbitral que estava marcada para terça-feira (29), ocorreu na tarde desta segunda-feira (28), na sede da Federação Paraibana de Futebol, onde foi decretado os participantes.
Com a desistência, o Alviazulino Brejeiro se junta a Paraíba de Cajazeiras e Mil Réis de Itaporanga – que já tinham confirmado que não iriam participar da Segundona, na última reunião.


O torneio contará com 12 clubes, que foram divididos em três chaves regionalizadas, com quatro equipes cada. O grupo do Litoral será formado por Femar e Spartax (ambos de João Pessoa), Miramar de Cabedelo e Lucena. O grupo da Borborema contará com o Perilima e Leonel (ambos de Campina Grande), Serrano de Serra Redonda e Picuiense de Picuí. Já o grupo do Sertão terá Nacional de Pombal, Sabugy de Santa Luzia, Cruzeiro de Itaporanga e Internacional de Teixeira.
Os dois melhores times de cada grupo avançam para a segunda-fase. Onde o primeiro colocado do grupo do Litoral enfrenta o segundo da Borborema, o melhor time da Borborema encara o segundo colocado do Sertão. Por sua vez, o líder do grupo sertanejo disputa com o segundo do Litoral. Quem passar no mata-mata disputará um triangular final, os dois melhores clubes sobem à 1ª divisão do estadual do ano que vem.
Relembre
O Azulão do Brejo havia confirmado participação no torneio na última sexta-feira (25), mas vinha com dificuldades para tal confirmação junto a FPF, devido à falta de recurso por parte da Prefeitura de Guarabira. O presidente da Desportiva, Domingos Sávio, já tinha ressaltado, anteriormente, quando inscreveu o clube para a disputa do Campeonato Paraibano da 2ª Divisão, que a inscrição do Azulão do Brejo Paraibano não confirmava que o mesmo iria participar do campeonato – algo que se constatou.
Segundo o mandatário do time guarabirense, a participação da Desportiva na Segundona estava dependendo de uma assinatura de um convênio com a Prefeitura de Guarabira, e caso isto não acontecesse, a equipe não teria condições de disputar o campeonato.
- Estou aguardando a assinatura do convênio com a Prefeitura de Guarabira, como já foi feito em edições anteriores. Mas se não tivermos o apoio do setor público, não tem como participar. Fazer futebol é muito caro – completou Domingos.
É uma pena para o futebol guarabirense, consequentemente, para a cidade brejeira, pois fica novamente de fora da disputa em busca da sua volta à elite do futebol paraibano. Vale lembrar que a Desportiva não disputou a Segundona ano passado.
Geano Souza (colaborador)

>